Espaços em tons Neutros

Todos os dias me considero uma pessoa abençoada por ter a possibilidade de trabalhar exactamente naquilo que gosto, e embora nos dias mais complicados me pergunte se não teria sido mais feliz
como veterinária, chego sempre à conclusão que não!

Ainda assim nem tudo é como eu sonho e projecto. Quando apresento as minhas propostas aos clientes regra geral reclamam sempre um pouco de cor. Como a minha função é projectar segundo o meu gosto mas para os outros faço-lhes sempre a vontade e coloco uns apontamentos de cor em almofadas, abat jours e peças que facilmente se possam trocar.

A verdade é que se pudesse não havia cor nenhuma, todos os meus espaços eram em tons neutros, tranquilos e eternos, ricos em materiais, texturas e até padrões de tons neutros, mas a cor era dada apenas pelos livros, fotografias, quadros e alguns objectos decorativos que todos os clientes têm e são inseridos no espaço.

Se me deixassem retirar os laranjas, amarelos, azuis, etc.  iria ficar  feliz da vida, e provavelmente na falência que só 50 anos depois é que vinham os filhos pedir para alterar alguma peça… ou para acrescentar um bocadinho de cor!

 

 

Spread the word. Share this post!